Dragon Ball Z Kakarot

Requisitos Mínimos Para Rodar no PC

Você quer descobrir se o seu computador consegue rodar Dragon Ball Z Kakarot nos requisitos mínimos? Teste agora mesmo com o sistema do Gamespecial

Processador

Intel Core i5-2400 @ 3.10GHz / AMD Phenom II X6 1100T


O processador acima roda este jogo nos requisitos mínimos. Teste se o seu processador consegue rodar este jogo nos requisitos mínimos, digitando abaixo o nome do seu processador e selecionando o seu dentre as opções que aparecerem.

Placa de Vídeo

GeForce GTX 750 Ti / Radeon R9 280


A placa de vídeo acima roda este jogo nos requisitos mínimos. Teste se a sua placa de vídeo consegue rodar este jogo nos requisitos mínimos, digitando abaixo o nome da sua placa de vídeo e selecionando a sua dentre as opções que aparecerem.

Sistema Operacional

Windows 7 64-Bit

Para rodar este jogo sem problemas técnicos, você precisará de um sistema operacional igual ou superior ao informado acima.

Espaço em Disco

Para instalar esse jogo no seu computador você precisará de no mínimo 36 GB de espaço livre em disco no seu HD.

RAM

Para rodar este jogo no seu PC, você precisará de ao menos 4 GB de RAM livre. Se o seu PC atender a estes requisitos, ele irá rodar o jogo sem problemas técnicos.

Direct X

Você precisará de Microsoft Direct X Directx 11 ou de alguma versão posterior.

Desenvolvedora

Bandai Namco

Publicadora

BANDAI NAMCO Entertainment America Inc.

Plataforma

Dragon Ball Z: Kakarot é um game RPG de ação em mundo aberto, desenvolvido pela CyberConnect2 e publicado pela Bandai Namco Entertainment, lançado em janeiro de 2020.

Nesse jogo, todos os arcos de Dragon Ball Z são contados no modo história e estão disponíveis para ser jogados, respeitando a linha dos acontecimentos do mangá/anime. Desde o atrito inicial com os Sayajins invadindo a Terra, até o arco final, que apresenta Majin Boo, o título oferece a chance de reviver cada momento emocionante, relembrando as batalhas épicas vistas por muitos através da TV.

No decorrer do game, o jogador não irá controlar apenas Goku, mas também terá a chance de aprender as dinâmicas de batalha com diversos personagens como Vegeta, Piccolo, Tenshinhan, Trunks, Goten e vários outros heróis clássicos da série.

Dragon Ball Z: Kakarot traz a oportunidade de explorar mapas extensos dentro de um mundo aberto, com áreas divididas entre as exploráveis e as independentes. Oferecendo também o recurso de viagem rápida para os locais já visitados, o game poupa tempo para ser investido nos inúmeros segredos a serem descobertos pelos cenários.

Os desafios estão repletos de inimigos com diversos níveis de dificuldades, que vão aumentando conforme o jogador vai subindo o nível de seu personagem. Nessas batalhas é possível coletar Orbes Z e pontos de experiência, para continuar aprimorando as habilidades ativas e passivas do guerreiro que estiver ativo no momento. Também é possível aprimorar o seu personagem adicionando os pontos ganhos ao subir de nível, em sua árvore individual de habilidades.

Durante Dragon Ball Z: Kakarot, existe a progressão nos arcos da história, que concede novos ataques aos personagens, substituindo suas versões menos aprimoradas. O game também traz poderes completamente diferentes, só que mais potentes, adquiridos pelos personagens no momento da história referente a campanha que está sendo jogada.

Nos momentos em que as missões principais não estiverem sendo cumpridas, o jogador poderá explorar livremente os mapas tanto pelo ar, quanto pelo chão, levando em conta que há missões que só poderão ser completadas em cada um deles, dependendo do objetivo.

Além das missões principais, que estão diretamente relacionadas ao roteiro da saga, o jogador poderá realizar missões mais simples em Dragon Ball Z: Kakarot, como as que ajudam a esposa de Goku, Chi Chi, podendo também caçar, pescar e fazer comidas que aumentam os atributos por um tempo determinado, ou permanentemente. Ainda há atividades como treinamentos, corridas com os carros planadores, busca por Orbes Z e lutas não canônicas, ou seja, que não fazem parte da história original.

A mecânica de luta conta com recursos aprimorados se comparada a Dragon Ball FighterZ. É possível notar a melhoria na física do universo, principalmente durante as batalhas principais, além da resposta aos golpes e o ritmo mais intenso, a fim de acompanhar a dinâmica das batalhas na série. Com diversas ações diferentes, além das combinações de golpes que podem ser usados, o jogo oferece uma experiência personalizada de jogabilidade com cada personagem.

Dragon Ball Z: Kakarot também apresenta uma nova forma de se relacionar com as Esferas do Dragão, visto que elas podem ser coletadas quantas vezes o jogador conseguir. Os pedidos para esse tipo de ocasião são pré-definidos, como uma quantia de dinheiro ou de Orbes Z.

Com um visual incrível, bastante fiel ao universo Dragon Ball, o jogo trouxe uma melhoria visível nos efeitos de luz, sombra e modelagem, além de uma trilha e efeitos sonoros de altíssima qualidade, sendo uma viagem nostálgica completa, que outros jogos da franquia ainda não tinham sido capazes de oferecer.

Disponível também para PlayStation 4 e Xbox One, utilizando o sistema Gamespecial você pode comparar a sua configuração aos requisitos mínimos para rodar Dragon Ball Z: Kakarot no PC, além de conferir os seus requisitos recomendados.

Dragon Ball Z Kakarot Requisitos Mínimos

  • Sistema Operacional: Windows 7 64-Bit
  • Processador: Intel Core i5-2400 @ 3.10GHz / AMD Phenom II X6 1100T
  • Placa de vídeo: GeForce GTX 750 Ti / Radeon R9 280
  • Memória RAM: 4 GB
  • HD Livre: 36 GB Free
  • Versão do Directx: Directx 11

Dragon Ball Z Kakarot Requisitos Recomendados

  • Sistema Operacional: Windows 10 64-Bit
  • Processador: Intel Core i5-3470 @ 3.20GHz / AMD Ryzen 3 1200
  • Placa de vídeo: GeForce GTX 960 / Radeon R9 280X
  • Memória RAM: 8 GB
  • HD Livre: 40 GB Free
  • Versão do Directx: Directx 11